quarta-feira, 27 de abril de 2011

O SISTEMA CAPITALISTA DE PRODUÇÃO

O SISTEMA CAPITALISTA DE PRODUÇÃO

I-CAPITALISMO
1- Conceito
O Capitalismo é o sistema econômico que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de produção – máquinas, matérias-primas e instalações.
Nesse sistema, a produção e a distribuição das riquezas são regidas pelo mercado e as classes sociais se relacionam pela posse ou carência dos meios de produção e pela contratação livre do trabalho.
As duas condições essenciais que determinam o modo de produção capitalista são:

1. A existência de capital, conjunto de recursos que se aplica na compra de meios de produção e força de trabalho.

2. A existência de trabalhadores livres, que vendam sua força de trabalho em troca de salário. Definem-se assim as duas classes sociais básicas: a dos capitalistas e a dos assalariados.
3. Características:
a) Livre iniciativa
b) Livre concorrência
c) Acumulação permanente de capital
d) Distribuição desigual da riqueza
e) O papel essencial desempenhado pelo dinheiro e pelos mercados financeiros
f) A inovação tecnológica ininterrupta
g) Surgimento e expansão de empresas transnacionais
h) Concentração monopolística – trustes, cartéis, corners, pool, holding, e dumping.
A divisão técnica do trabalho ou seja a especialização do trabalhador em tarefas cada vez mais segmentadas no processo produtivo.

CARACTERÍSTICA DO CAPITALISMO:

O FUNCIONAMENTO DA ECONOMIA: os agentes econômicos (indivíduos ou empresas, instituição pública ou privada) fazem seus investimentos guiando-se pela lógica do mercado, ou seja, com base na lei da oferta e da procura. Investindo sempre com o objetivo de obter a maior rentabilidade possível, daí a concorrência estabelecer-se em todos os setores da economia. No entanto, há muitas outras áreas monopolizadas, nas quais na prática não ocorrem concorrências.
RELAÇÃO DE TRABALHO: predomina o trabalho assalariado. No entanto, ao lodo desta relação tipicamente capitalista convivem relações não capitalistas de trabalho, principalmente em regiões subdesenvolvidas e rurais, como por exemplo: parcerias, arrendamentos, e em regiões mais remotas, até mesmo relações iguais, e existem também as relações ilegais, como a semiescravidão e o trabalho forçado por divida sistema de “aviamento”.
ESTRUTURA DE PROPRIEDADE: predomina a propriedade privada, pois a maioria dos meios necessários para a produção, Pertence a agentes econômicos privados.
MEIOS DE TROCAS E INSTRUMENTO DE CREDITO: o dinheiro ( moeda metálica ou papel- moeda) é o principal meio de troca; Com os avanços da eletrônica e das comunicações, surgiu o cartão bancário, um dinheiro virtual, que permite fazer pagamentos sem a intermediação de cheque ou dinheiro real. Mais recentemente tornou-se possível movimenta fundos através de redes de computadores . há ainda instrumentos de créditos que facilitam as trocas, como os cartões de créditos e as duplicatas.
RELAÇÃO SOCIAL: há uma divisão de classes no interior da sociedade capitalista, com uma concentração de renda nos setores ou classe detentores do capital.

7 comentários:

  1. Gostei , mais tá faltando algumas coisa ((:

    ResponderExcluir
  2. um saite com umpouco com muitos dos comTEUDOS bem legais, porem nao entendi muita coisa vai ver e por que eu n entendo muito do asunto,essa sopa ta sem tenpero, mesmo assim achei um pouco interesante...UM POUCO.
    NOTA 6, PODIA SER MELHOR.

    ResponderExcluir
  3. é um site bom mas faltra muita coisa noo achei p que eu queria que pena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entao vai se fuder seu filho da .... desgraçado.

      Excluir
    2. cala boca seus fdp

      Excluir